As Muralhas de Jericó

Muralha de Jericó

Texto: Js. 6.1-21; Heb. 11.30 ; II Co 10.4

O povo de Israel depois de andar 40 anos pelo deserto, finalmente chegou a Canaã. Agora era só entrar na terra e distribui-la  entre as tribos, Certo? Errado.

As coisas não são assim tão simples, havia no caminho uma imensa muralha. Pois a cidade de Jericó era cercada por uma muralha tão larga que sobre ela havia  casas. Raabe morava em uma delas. (Josué 2.15) Então, Raabe os fez descer por uma corda pela janela, porque a casa em que residia estava sobre  o muro da cidade.

Muitas vezes nós encontramos em situação semelhante, quando pensamos que vamos tomar posse da benção surge uma muralha que parece zombar da nossa esperança. Portanto:

01) Não podemos desistir dos propósitos de Deus para as nossas vidas quando aparecerem muralhas diante de nós, porque com Ele, diz A PALAVRA de Deus que Saltaremos muralhas. Não vamos parar e  nos assentar no meio do caminho, desanimados diante de tão grande obstáculo porque o homem e o inimigo podem erguer muralhas à nossa frente, mas o nosso Deus é aquele que derruba muralhas e depois de derrubadas, faz você passar por cima delas.

Também não podemos e não vamos voltar ao Egito, de forma alguma. Ao contrário. Não deixaremos lá nem uma unha. O Senhor já nos tirou de lá e vamos levar conosco nossos pais, nossos filhos e toda a nossa parentela porque a promessa de Deus para nós é essa. Se tu creres salvar-se-á tu e tua casa.

A nossa atitude tem que ser essa;  olhar pra frente e prosseguir.[Quebra Suave]Tudo aquilo que impede a benção de Deus, o nosso êxito, todo problema que parece insolúvel é um tipo de muralha colocada por satanás à nossa frente como impedimento, mas é permitida por Deus para que conheçamos e prossigamos a conhecer a Jesus.

Mas quais são as  nossas muralhas¿

A muralha era o grande obstáculo entre o povo de Deus e a cidade a ser conquistada. Segundo historiadores a muralha era dupla os 2(dois)muros que  ficavam separados um do outro por uma distancia de 5(cinco) metros. O muro exterior tinha 2 (dois) metros de largura e o interno 4(quatro) metros de largura, e ambos tinham 10 (dez) metros de altura. Eram realmente muralhas.

Muitas muralhas se levantam contra nós como grandes problemas e aparentemente insolúveis. Imaginem que absurda deve ter parecido a estratégia de Deus aos olhos dos homens de guerra. Deus mandou marchar 13 vezes em volta de Jericó em uma semana. Tocar algumas trombetas e só isso. Nada de armas, nada de luta. Nenhum plano de ataque. Eu estou certa de que os moradores de Jericó devem ter rido muito e zombado durante aquela semana em que o exército hebreu durante seis dias rodeou a cidade uma  vez por dia e no sétimo dia deu sete voltas em volta dos muros.

Mas Josué estava mesmo decidido a seguir as ordens de Deus.

Ele fez da obediência sua prioridade número um.

“O mesmo poder que destruiu os muros de Jericó, também vai destruir os muros da dificuldade que surgem na minha e na sua vida.

02) As soluções humanas

O problema é que muitas vezes nós queremos encontrar soluções humanas para ultrapassarmos essa muralha, para vencermos os obstáculos que se colocam diante de nós.

Josué poderia ter criado alternativas para tentar solucionar  aquele problema de dez metros de altura e onze metros de espessura:

Ele poderia ter convocado o povo a construir ferramentas ou catapultas para que eles pudessem  saltar por cima do muro, Ele poderia ter dado a idéia de todos se juntarem para Cavar um túnel por baixo do muro e assim alcançarem o outro lado por baixo do muro, Ele também poderia ter pensado em construírem ferramentas de pedra e ferro pontiagudas para Perfurarem a Muralha.

Sim, eles poderiam ter feito essas coisas, mas nada disso daria a eles vitória E quando tentamos derrubar as muralhas que se apresentam diante de nós com a força humana, nós não conseguimos e nos frustramos. Nós sofremos e esmorecemos porque não foi isso que Deus mandou fazer. Às vezes nós também não queremos esperar o tempo e a hora de Deus e tentamos perfurar o muro para vermos o que tem do outro lado. Também tentamos construir escadas com as nossas próprias mãos que nos levem ao topo da muralha, mas isso só nos traz confusão, como aconteceu com os habitantes de Babel que tentaram construir uma torre que os levasse aos céus. Em Gênesis 11 a palavra de Deus diz que em toda a terra havia uma só linguagem, uma só maneira de falar.

A linguagem de Deus, a voz de Deus é sempre a mesma. Nela não há sombra de variação, mas os habitantes daquele lugar disseram uns aos outros. – Vinde, façamos tijolos que sirvam-lhes de pedra e edifiquemos para nós uma cidade e uma torre cujo topo chegue até aos céus – e desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que eles edificavam e o Senhor disse; desçamos e confundamos ali a sua linguagem para que um não entenda a linguagem do outro.

Fora dos planos de Deus há confusão. O próprio Deus permite que nos sintamos assim por causa da desobediência e do desejo de vencermos sem a preciosa e infalível ajuda Dele. Nós precisamos do Senhor para vencermos e quando tentamos alcançar a vitória sem Ele, a confusão se estabelece em nossas vidas e aí não conseguimos chegar a lugar algum.

Mas há muralhas que construímos dentro de nós mesmos. Essas estruturas precisam ruir para que o Senhor entre, passe por cima delas e encontre lugar em nossas vidas. Deus enviou Jesus para que Ele pusesse abaixo os muros que estão à volta e impedem que nos relacionemos com Ele. Para termos comunhão profunda com Ele é preciso derrubarmos o muro do orgulho, da auto comiseração, da religiosidade, da desobediência,

O primeiro muro que temos que derrubar e passar por cima é o muro da descrença. Nós temos uma promessa e ainda que as circunstâncias digam que a promessa não será cumprida, nós temos que crer.

O segundo muro que temos que transpor é aquele do resultado dos exemplos e influências do passado. Muitas vezes o nosso passado aponta para muitas frustrações e derrotas, então nos falamos assim: mas o que é que me garante que dessa vez não vai ser igual às outras vezes? Por que dessa vez chegou o tempo de Deus fazer justiça na tua vida e Ele vai agir em teu favor. Deus não se repete como o diabo. Quem imita e faz sempre a mesma coisa é Satanás. Deus é Deus de novidade e surpresa. Ele vai te surpreender e vai fazer tudo diferente na tua vida.

O terceiro muro que você tem que transpor é o muro da inveja. Como José. No dia em que José contou o seu sonho aos irmãos a inveja tomou conta da família de José. Você só é alguém quando alguém passa ate invejar. Quando começarem a te invejar não fique orgulhoso e nem triste. Deus está no controle. Não de importância aos invejosos que vão dizer que não vai dar certo, porque o Senhor é contigo e você vai derrubar essa muralha.

O quarto muro que se levanta na sua vida é o muro da rejeição. Ele sempre se levanta. Tem gente doente, enfermo na alma porque alguém no passado disse que você era um vagabundo, não servia prá nada, que você não presta e que você não vai ser ninguém. Mas o que determina o que você vai ser é você e o Deus a quem você serve. O resto é mentira do diabo. Eu posso ver nos seus olhos, na sua face que existe um futuro brilhante prá você com Jesus à sua frente.

O quinto muro que você tem que transpor é o muro da humilhação. E como nos humilham nesse mundo. Transponha o muro da humilhação. Desenterre a sua cabeça. Não ande como avestruz. Ande como um campeão. Você é alguém e o dia da justiça na tua vida já está raiando. Deus já se levantou do trono prá te fazer justiça.Não desista.

O sexto muro é o muro da tentação e da sedução. O diabo está sempre pronto a te apresentar um atalho para você desviar-se do caminho. Ele está sempre disposto a te dizer. Vem por aqui, Deus está demorando muito a fazer isso na sua vida. Não há mal nenhum se você passar por aqui. Vai dar na mesma. Esse atalho vai dar no mesmo lugar. Mas por aqui você só vai cortar caminho. É só um atalhozinho. Vamos. Mas a palavra de Deus diz que só há um caminho e diz ainda que a porta é estreita. Cuidado com os caminhos de delícias, cuidado com os atalhos e as portas

O sétimo muro que todos nós temos que romper e passar por cima é o muro da solidão. Esse muro é terrível. Muitas vezes na vida nós nos sentimos como escravos porque os escravos andavam atrás dos seus senhores, amarrados e sozinhos. Às vezes nós nos sentimos deixados para trás, amarrados a um problema insolúvel e sozinhos no mundo, mas eu quero te dizer que você não está sozinho, os anjos do senhor acampam-se ao redor de você , eles te livram e o próprio Jesus prometeu e disse assim – Eis que estarei convosco todos os dias até a consumação dos séculos. Jesus está com você. Você não está sozinho.

O sétimo muro que você tem que vencer é o muro do medo. Essa é a doença do século. A depressão, a síndrome do pânico. Mas esse sétimo muro

03) A solução Divina

Sendo assim, precisamos nos conscientizar de que a solução divina, a solução dada por Deus é a única que nos levará à vitória, pois só Deus pode derrubar as muralhas que são erguidas à nossa frente e que nos fazem desanimar.

O povo de Israel tinha consciência disso e por isso eles precisavam levar com eles a ARCA DA ALIANÇA que representa presença de Deus . O Senhor está te dizendo nessa manhã que Ele vai com você. Coloque em primeiro lugar , à frente, em sua vida a  presença DEle e você vai sentir a presença de Deus  todo o tempo em que você estiver rodeando as muralhas da tua vida e o seu A arca também significava a operação sobrenatural de Deus na vida do povo de Israel, porque dentro da arca se encontravam as tábuas escritas com o dedo de Deus, o maná e o cajado que floresceu. Eram provas palpáveis de que Deus intervém de forma sobrenatural para mostrar ao homem como ele deve proceder, para dar mantimento e provisão ao homem e demonstrar ao homem que Ele é comigo e com você porque Ele nos escolheu.

Precisamos também obedecer a ordem de RODEAR A CIDADE 7 DIAS SENDO 13 VOLTAS AO TOTAL. Além da fé precisamos agir de acordo com as ordens de Deus.

Outro fator importante era o tempo. Eles precisavam ser pacientes e perseverantes, pois só depois de 7 dias é que a vitória viria. 6 dias uma volta no 7º dia 7 voltas – “O SÉTIMO DIA da sua vida VEM AI. O sétimo dia, ou o dia da sua vitória está chegando e você vai viver esse sétimo dia com brado de júbilo. A obediência a Deus sempre é recompensada com brado de vitória.

Calma meu irmão e minha irmã , porque a Palavra de Deus em Eclesiastes 3 diz que há um tempo determinado para todas as coisas debaixo do céu.Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear de tempo de saltar de alegria.

Anime-se, o teu sétimo dia vai chegar e você vai saltar de alegria. Tudo acontece no tempo de Deus.

Gn 2.3 – “ em seis dias Deus criou a terra mas no 7º dia descansou.

Gn. 4.4,10- Noé entrou na arca e no 7º dia choveu.

1º Rs. 18,43 O Moço de Elias foi em busca da chuva seis vezes mas na 7ª voltou com a boa nova : Eu vejo uma pequena nuvem do tamanho da mão de um homem. II Rs. 5.10 e 14 Naamã, quando se achava com lepra, sob a palavra de Eliseu, o profeta de Deus, mergulhou 6 vezes no Jordão mas na 7ª vez sua carne se tornou como a carne de uma criança, e ficou limpo. Jó 5.19 Bem aventurado é o homem a quem Deus disciplina. De seis angústias te livrará, e na sétima, o mal não te tocará.

Sl 119. 164”Sete vezes no dia te louvo , pelas justiça dos teus juízos. Pv. 24.16 Sete vezes cairá o justo e se levantará; mas os perversos são derribados pela calamidade. A obediência a Deus gera fé que é  reconhecida na Palavra de Deus Em Hebreus 11:30 e 31 aonde está escrito que pela fé ruíram as muralhas de Jericó depois de rodeadas por sete dias. Pela fé, Raabe, a meretriz, não foi destruída com os desobedientes porque acolheu com paz aos espias.

Assim, meus irmãos, diante das muralhas que aparecem à nossa frente ao longo de nossas vidas nós precisamos em primeiro lugar de compromisso com Deus, de sua presença conosco, de ação e obediência à voz Dele, para permanecermos Nele em paciência e perseverança a fim de conseguirmos derrubar as muralhas, passar por cima delas e  alcançarmos a VITORIA que Ele tem para cada um de nós, porque o Senhor Pelejará por nós.

Pastora Mara Matos Moreira

Categorias Artigos | Tags: | Postado em Dezembro 1, 2011

Redes Sociais: RSS Facebook Twitter Google del.icio.us Stumble Upon Digg Reddit

Deixe uma Resposta

*
close window

Service Times & Directions

Weekend Masses in English

Saturday Morning: 8:00 am

Saturday Vigil: 4:30 pm

Sunday: 7:30 am, 9:00 am, 10:45 am,
12:30 pm, 5:30 pm

Weekend Masses In Español

Saturday Vigil: 6:15pm

Sunday: 9:00am, 7:15pm

Weekday Morning Masses

Monday, Tuesday, Thursday & Friday: 8:30 am

map
6654 Main Street
Wonderland, AK 45202
(513) 555-7856